segunda-feira, 12 de julho de 2010

;medo de altura;

Hoje eu me lembrei de algo importante na minha vida, algo que marcou meus dias.
Eu tenho medo de cair....cair em sentido real e figurado.. Cair me incomoda. Quando eu tinha 12 anos, eu era completamente confiante, eu tinha acabado de descobrir quem eu era e tudo aquilo que eu queria ser ... me lembro tão bem, de cortar o cabelo, rasgar minhas calças, grafitar minha camiseta, subir nos patins e sair sentindo o vento cortar meu rosto, enquanto minha mente ia longe, esquecendo da fase ruim que havia acabado de passar.
O dia mais marcante da minha vida, era uma sexta feira em um mês de setembro, creio que o ano era 2001; Enquanto eu saia com aquela roupa um tanto quanto diferente das habituais roupas de menina de igreja, rasgada e livre, eu via olhares que me reprimiam, e eu não me importava com nenhum deles.
Naquele dia, iriam inaugurar uma pista de skate na cidade, e era um acontecimento pra mim, eu patinava e nunca tinha visto uma pista de verdade. Um dia antes meu pai me levou no shoping, numa loja da traxart, e me deu patins novos, eram brancos, e me faziam sentir uma liberdade indescritivel. Eu estava com eles me sentindo maior. Quando cheguei na tal inauguração notei que era a unica garota no meio de pelo menso 50 garotos de skates e patins...mas não me imporatava, eu queria muito estar ali pra deixar me abalar por isso. Eu não sabia subir em rampa, nem descer...mal sabia patinar de um lado pro outro, dai sentei e fiquei vendo como eles faziam. Nisso, um garoto cai na minha frente, de pernas abertas no corrimão e óbviamente sentido a maior dor da vida dele!!!! Ele veio até mim mancando e com cara de choro, sentou-se do meu lado e da minha irmã, e eu perguntei seu nome...Bruno. Mal eu sabia, que ele um dia seria meu noivo, e em um outro dia não seria mais nada ... (O.o)'
Depois disso, eu decidi tentar, parece bobo mas era importante pra mim, eu queria ser profissional um dia, então precisava aprender. Dai eu fui...bom, desengonçadinha mas me lembro que consegui subir em uma rampa, e de lá de cima, me pareceu bem mais alto.
Um dos caras percebeu que eu não sabia o que ia fazer, ele era o melhor da pista toda, mas era o mais arrogante, não falava com ninguém, tinha uma postura empinada e um olhar desprezivel. E quando ele me olhou eu senti meu corpo quente; Tinha um outro mais legal, que resolveu me "ajudar" porem ele não era muito bom nisso...me explicou uma teoria louca, de abrir os braços como um avião, inclinar um pouco a coluna para a frente, e manter os pés firmes, e flexionar os joelhos na hora da queda.
"como vou lembrar disso tudo na hora?" - foi o que me perguntei até tentar. O cara arrogante sentou lá em cima da rampa e ficou me olhando. Bom, eu tinha que descer, já tinha subido! Eu me posicionei conforme me explicaram, e fui.
Queda. A mais dolorida da minha vida. Eu cai de costas e ralei a coluna toda até mais ou menos um metro da rampa...fiquei caida por pelo menos uns 5 minutos. E pior, com toda aquela gente me olhando. O outro garoto que me ajudou veio e me levantou. Naquele momento eu pensei, como seria bacana amarrar um travesseiro na bunda antes de tentar outra vez.
Mas não tinham travessseiros e eu não estava contente em ter caído. Subi outra vez. E demorei muito tempo lá em cima, me recompondo da queda anterior, e me preparando psicologicamente pra uma provavel próxima queda. Eu não queria cair outra vez. Ameacei descer pelo menos umas 8 vezes, indo e voltando a bera da rampa...até que o cara arrogante subiu outra vez. Dessa vez, ele falou comigo, num tom que mais me parecia ameaçar.
"enquanto você estiver com medo, você vai cair. e você vai cair mesmo, pq no começo, todos caem."
eu não consegui responder...então balançava a cabeça com cara de idiota....
"eu não vou te ajudar. você tem que aprender sozinha...você já sabe a base, então faça na prática. e se você cair, levanta e faz de novo até aprender, quer mais ajuda do que olhar?"
e ele desceu...como se disesse : veja como EU faço.
Eu não queria cair outra vez, já não era mais uma coisa física, que me incomodava pelo fato de doer, era meu EGO! Cair seria motivos dele duvidar de mim, e de alguma forma, me faria duvidar de mim mesma....então, eu fiz outra vez. Eu desci .... e caí mais uma vez.
Me machuquei de verdade, e levantei com os joelhos sangrando...mas pior que isso, me sentindo incapaz. Eu tirei os patins e resolvi ir pra casa.
Desde aquele dia, eu passei a não confiar muito em mim mesma, e sempre sentir olhares de reprovação em minha direção,notei que sempre teriam pessoas pra me levantar caso eu caisse, mas que dificilmente teriam pessoas pra me dizer o que fazer, e nunca ninguem poderia me dizer exatamente como fazer, porque tudo eu teria que aprender de um jeito ou de outro, era importante pra mim, eu queria muito fazer aquilo, eu admirava quem fazia, e queria que um dia admirassem eu fazer. Mas o medo de cair me manteve distânte de voltar a admirar e tentar superar o medo de errar...
Eu não gosto de cair.

2 comentários:

L.E.A.L ALTERNATIVE LIVE!! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
L.E.A.L ALTERNATIVE LIVE!! disse...

Essa é uma otima historia e como toda boa historia ela me lembra outra, A historia a que me refiro se chama exatamente "Medo de cair" essa é uma historia de Sandman q é uma HQ Antes que narizes sejam torcidos, vale resaltar que as melhores historias tem saido justamente da nona arte, como ex: Watchmen, V de Vingança, OldBoy e tantas outras.
Vamos a historia, infelizmente não sei se vc conhece a obra de Neil Gaiman vou tentar resumir rapido (vai ser um bom teste pra minha sintaxe) "Sonho (que também é conhecido como Morpheus, Sandman, Oneiros, Oniromante e Lorde Moldador, entre outros nomes) é o governante do Sonhar. Ele é um Pérpetuo - os Perpétuos são manifestações antropomórficas de aspectos comuns a todos os seres vivos: Destino, Morte, Sonho, Destruição, Desejo, Desespero e Delírio. Os 7 perpétuos não são deuses, mas sim entidades além, responsáveis pelo ordenamento da realidade conhecida. Só sua existência mantém coeso o universo físico e todos os seres vivos."
Nessa historia um homem (não lembro o seu nome) durante um sonho lembra de uma fobia q tem desde criança "Medo de cair" isso se reflete em todos os aspectos de sua vida, pessoal, proficional etc... no sonho ele esta subindo um penhasco ao chegar no topo ele encontra Morpheus (Sonho) ao conversarem o homem fala de seu medo e Morpheus lhe diz que quando se sobe alto realmente se pode cair e que quando se cair ou vc pode cair de pé ou morrer estatelado la embaixo (nesse ponto o homem está só no topo, e um raio cai perto dele o jogando para fora ele começa a cair, e uma voz diz "mas há uma 3 alternativa")o homem acorda em sua casa, o quadro mostra o mesmo homem fazendo algo que ele normalmente teria medo de arriscar, uma amiga lhe pergunta pq ele está arriscando agora, ele sorri e lhe diz "Quando se cai vc pode cair em pé, se esborachar na queda ou então vc pode VOAR" (^^)
Acho que a historia resume bem oq quero dizer
então "VOE"